Fazendo a história desenvolver sem pressionar – Pt. 2

Saudações do planeta Mongo!

Semana movimentada  e de muito calor!
Espero que tenham aproveitado para terem jogado RPG.

De novidades tenho visto o pessoal bem animado com o Curse of Strahd. Ravenloft teve sempre uma temática obscura e misteriosa que achei sempre legal. Espero que tenham a chance de jogar! =)

Continuando o último post, voltamos com mais duas dicas para retirar os grupos de momentos presos.

Saiba quais recursos seus NPC’s possuem a sua disposição

Sabendo o que o antagonista tem a sua disposição, pode facilitar a sua vida e levar a mesa uma grande variedade de coisas que pode tornar a aventura muito divertida e dinâmica. Entre os recursos incluem:

  • Pessoal: Pessoas que trabalham para o antagonista e estão ligados a ele de alguma forma (empegados, coerção, chantagem, amigo, vinculo familiar)
  • Equipamento: Armas diversas e importantes, itens mágicos, comida, itens de luxo, dinheiro.
  • Locais: Lugares onde pode se esconder ou se defender, como esconderijos e fortalezas, laboratórios ou centros de recrutamento.
  • Informação: Aqui há muitas coisas que podem ser usadas como contratos, conexões, material para chantagem, rituais mágicos, onde estão os gatilhos das armadilhas, enfim, uma variedade sem sim de informações.
  • Intangíveis: O que o antagonista representa? Intelecto superior, superpoderes, carisma, reputação, a habilidade para regenerar, um destino, uma família importante, novamente aqui tem muitas opções.

Faça uma lista simples e de fácil acesso, nada muito complexo. Isso irá te ajudar em criar pistas a quem é o antagonista e criar oportunidades para usar com a Lei de Chandler (post anterior)

Saiba o que motiva seus jogadores

Aqui você tem de pensar que nos jogadores e não nos personagens e saber como motiva-los. Eu perguntava para meus jogadores como eles agiam e anotava nas minhas fichas de dados sobre os PC’s. Eu já escrevi sobre isso no passado , que Robin D. Laws fala dos tipos de jogadores.

Desta forma você pode oferecer ao jogador algo que o cativa e torna o jogo interessante.

  • Power Gamer (Monstro): Quer mais poderes e utiliza-los mais eficientemente
  • Butt-Kicker (Briguento): Quer lutar e detonar todos e marcar seus nomes.
  • Tactician (Tático): Quer derrotar situações complexas através pensando e de planejamento.
  • Specialist (Especialista): Quer as regras para apoiar o jeito particular que joga e gosta das oportunidades de mostrar sua especialização.
  • Method Actor (artista): Quer se envovler no personageme agir como ele.
  • Storyteller (Contador de Histórias): Quer experimentar uma narrativa divertida através dos pensamentos e ações do personagem
  • Casual Gamer (Jogador Esporádico): Quer estar socialmente com os outros jogadores, compartilhando a energia do grupo mas do que focando no jogo.

E há também outros tipos que podemos adicionar:

  • Troublemaker (Encrenqueiro): Quer mostrar sua dominância criando problemas no jogo sem consequências no mundo real, possivelmente subvertendo a dinâmica do grupo.
  • Explorer (Explorador): Quer descobrir novos elementos do mundo do jogo, aprender novos conhecimentos e ver o que há.
  • Problem-Solver (Solucionador de problemas): Quer resolver quebra-cabeças, mistérios e charadas e afora o desafio mental.

Claro que estes estereótipos sempre se sobrepõem, mas sempre podemos fazer uma referencia um ao outro.

Utilize todas estas vantagens (e do post anterior) para fazer seu grupo desenvolver na história.

Você utiliza algum outro método?
Escreva nos comentários.

Anúncios

2 comentários sobre “Fazendo a história desenvolver sem pressionar – Pt. 2

  1. Tentei enviar um comentário mais cedo mas tive problemas com o roteador. Estou com a ideia na cabeça de adaptar o sistema para FATE core (free na net), entre em contato caso queria papear sobre Fading Suns.
    M.

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s