A trama – Cap. 02

Assim que Roland abre a grade de ventilação, ele entra e começa a rastejar. Na outra ponta, Tak pega sua blaster pistol, percebendo que o barulho se aproxima a medida que ele rasteja no tubo. Não demora muito e ele percebe a criatura, outro V´rast. Ele não hesita, atira no besouro que nunca teve uma chance e é atingindo por uma bola de plasma quente se transformando em um monte de gosma quente. Rolando não demora muito e acaba achando a outro besouro e também termina com a vida da criatura.

Voltando ao quarto, é obvio o motivo pelo qual o Conde foi assasinado, mas não se sabe quem o matou. Quando Roland e Tak voltam ao quarto acabam conversando com Alex e Abgail, todos estão confusos. Conversam um pouco, eis quando entra o capitão da guarda, Elohim. Ele está bem cabisbaixo ao ver o corpo do seu senhor. Eis que acaba dizendo: “Senhores, pelo para que preparem suas coisas para viajar o mais rápido possível.” Ele recebe protestos dos quatro convidados, que recebem uma resposta direta e arrebatadora,“A vida de vocês corre perigo! Por favor, me encontrem na cozinha assim que possível.” Todos ficam atônitos e correm para trocar de roupa e pegar os seus pertences e equipamentos e comparecem a cozinha.

Na cozinha, Elohim pede para que eles se aproximem e ele começa a explicar: “A situação em que vocês se encontram é deveras perigosa. Não sei se vocês sabiam, mas o Conde, era o filho mais velho, portanto com direito as terras de seu pai. Ele tinha apenas uma irmã e irmão mais novos. A irmã, Carolina, se casou com o Barão Ivan Petrovich Decados a alguns anos, para ajudar a terminar brigas entre as duas casas. Há três anos, ela se suicidou. Pelos menos é o que dizem as autoridades Decados, nunca tivemos a chance de investigar.” Os heróis se olham e tentam entender aonde isto quer chegar. Elohim continua: “O irmão mais novo, Soban entrou para a Ordem da Fênix, e o último paradeiro dele é em Stigmata. Até lá quem está na ordem sucessória é o Barão, e ele os está culpando pelo assassinato!” Os olhos de todos se arregalam e começam a protestar e provar a sua inocência. “Vocês devem fugir, procurem por Tom Ford em Acheon, provavelmente ele estará em um lugar chamado o Dançarino Perneta. Mas, antes de partirem para lá, vocês devem andar fora das rotas principais, pois o Barão já está remanejando suas tropas e tomando conta do feudo! Vão a uma vila a uns 50 km daqui e poderão descansar lá e trocar os cavalos, que lhes irei dar, e tentarei distrair e direcionar as tropas Decados para longe de vocês.”

Três cavalos são dados aos nosso heroís, Tak senta na garupa do cavalo que é dado a Abgail, Alex e Rolan saem em dispara. Abgail está totalmente em choque pelos acontecimentos e conversam entre si: “Mas o que fizemos para deixa-los tão nervosos?” diz Abgail. “Pode ser que fomos escolhidos por sermos conhecidos do nobre” responde Tak, “Mas éramos amigos próximos ninguém iria duvidar de nossa lealdade a ele.” completa Alex. “Seja lá quem fez isso, isso pagar caro.” diz Roland com tom de voz firme. E os quatro saem galopando noite a dentro das terras do nobre, com vozes e homens atrás deles.

Decados e al-Malik

 

Anúncios

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s