O Baile – Cap. 01

13 de Dezembro de 5007.

Criticorum, interior do continente de Salamandra, a uns 150km de Acheon, capital do planeta, se encontra o feudo do Conde Ahmed ibn Kalil al-Malik, um poderoso senhor feudal que controla as terras da região por mais de 300 km.

Hoje é o aniversário dele. Ele esta fazendo 75 anos e convidou todos seus parentes, amigos, aliados e até alguns inimigos. A mansão estava toda decorada e pronta. Musica, comida, convidados e todos os serventes agitavam a noite. O arauto chamava todos os convidados que entravam. “Baronet Janus Li Halan. Vindo de Kish, planeta dos regentes da cruz de ametista.” Além é claro das pessoas que dançavam, comiam, flertavam, conversavam e ate bate-bocas entre os rivais.

E entre este se encontrava um grupo de pessoas que já haviam trabalhado para o Conde, sendo por serviços sujos, ou como contatos, embaixadores ou apenas bons conhecidos das Guerras do Imperador. Podemos destacar Roland de Gilead, último de Gilead vivo, vindos de Absolution a mais de 100 anos, quando perderam o planeta aos Symbiots. A familia protegia uma torre dos Annunaki, que era conhecida como a Torre Negra, mas hoje em dia, é apenas um bandoleiro perdido, e sem causa. Abgail Garcia Monpean Hazat de Vera Cruz, embaixatriz dos Hazat em Criticorum a apenas seis meses. Ambiciosa e esperta como uma raposa, mostra-se uma ótima aliada não só no campo político, mas também no militar. Alex Spencer, Charrioteer de primeira classe, famoso por fazer viagens arriscadas e conhecedor de rotas desconhecidas (pelo menos e o que diz), atualmente sem uma nave, procura uma para desesperadamente alimentar seu vicio, pular os Portais sem escudos de proteção, sendo afetado pela estranha radiação. Isso mesmo, ele é um Satraista, e há muito poucos que sabem de seu segredo. Takteenonokoock, um Gannok, e ainda por cima um Muster! Ninguém imagina que este pequeno ser brincalhão pode ser tão mortal com sua Blaster Pistol. Ainda bem que ele e amigável e pensa antes de usa-la, sempre apontando para o lado certo, o dos inimigos.

Todos estavam se divertindo muito. Até que o Conde chama os quatro para uma conversa em particular. Os quatro se assustam a principio, mas logo percebem, ao chegarem em um recinto mais calmo e vazio na festa e pela expressão de alegria no rosto do Conde, que está tudo bem. O Conde está acompanhado de um homem alto e de farda militar, que acaba se apresentando como Capitão Elohim. Ele esta no comando a pouco tempo, explica o Conde vindo substituir o atual que se aposentara.

O Conde explica que deseja que eles durmam em sua mansão para que no dia seguinte faça um comunicado a eles, mas ele deseja que seja tudo uma surpresa. O grupo se mostra preocupado a principio, mas como o próprio Conde diz: “Não se preocupem, é uma surpresa agradável. Elohim irá cuidar de seus aposentos e de suas necessidades.” Assim voltou a festa, deixando seus quatro convidados com curiosidade.

Tudo ia bem até que o arauto anuncio um nome, que fez até os músicos pararem de tocar. “Barão Ivan Petrovich Decados. Senhor das terras do nordeste de Cadavus.” Muitos cochicharam, outros cuspiram no chão, ate uma donzela desmaiou. Mas tudo em uma quesãao de segundos voltou ao normal. A musica continuou, e todos voltaram a se divertir. O Barão Decados desceu as escadas , para o Hall com duas escravas semi-nuas e carecas, acorrentadas e puxadas por sua mão esquerda. Sua roupa preta com detalhes em prata o deixava alto e imponente. Algumas pessoas o cumprimentavam, mais por medo do que respeito, outros o ignoravam. Tak, o Gannok tentou ser amigável e começou a conversar, mas a resposta do Decados foi ríspida e curta: “Saia daqui Gannok, não me misturo com sua laia.” Tak não gostou nada do que ouviu e resolveu sua vingança de forma criativa porem embaraçosa ao oponente. Encheu suas mãos com creme de um bolo perto do buffet e esfregou nas costas do nobre Decados, apenas suas escravas observaram e deram risada. Roland então se aproximou e criticou o comportamento do Decados, quando também recebeu uma dura resposta, mas a de Roland foi mais astuta: “Melhor verificar suas roupas antes de vir a uma festa.” E o Decados ficou furioso ao perceber sua situação, e saiu do recinto gritando a suas escravas para que elas o limpassem.

No decorrer da noite, tudo foi muito calmo e os convidados foram indo embora e os quatro principais convidados a passar a noite foram se encaminhando aos quartos designados. Alex pediu três mulheres para a noite e Tak apenas pedia tacas e mais tacas de agua. Roland passou as primeiras horas da noite limpando as suas armas e Abgail pediu um banho de espuma.

Tudo ia bem ate um terrível grito ecoar por toda a mansão. Vinha do quarto do Conde! Soldados correram, Roland e Tak foram os primeiros a chegar, junto com dois soldados al-Malik. Abgail e Alex entraram de sopetão e viram toda a cena. No canto chorando, estava uma acompanhante aos prantos. Abgail foi consola la e os rapazes verificar o Conde. Ele se encontrava em um estado terrível, petrificado de dor e todo retorcido, tendo uma morte horrorosa, deixando a pele dele acinzentada. Tak e Roland percebem que tem algo nos dutos de ventilação e Tak entra no duto por ser o menor. Roland corre com dois soldados para a entrada do lado de fora, com um soldado, mostrando-lhe o caminho. Alex verifica que tem algo na cama se mexendo e retira a coberta, quando um besouro V’rast aparece. Na perna do Conde a 4 picadas da cauda venenosa da criatura. Alex é rápido em matar o besouro. Abgail no entanto usa seu poderes psíquicos para acalmar a pobre moça.

Continua…

Espero que gostem. Continuo a escrever o resto amanhã. 🙂

Anúncios

3 comentários sobre “O Baile – Cap. 01

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s